year ahead

2022 será um ano de descobertas. Acreditamos que 2022 terá altas taxas de crescimento econômico e inflação no primeiro semestre do ano, e menor crescimento e inflação no segundo semestre.

Olhando a longo prazo, a inovação das tecnologias disruptivas como inteligência artificial, big data e segurança cibernética será ainda maior na próxima década, e a transição de carbono para o Net Zero é uma das tendências de investimento mais importantes.

Vídeos

O que vai impulsionar o crescimento em 2022? Confira as nossas principais recomendações

Assista novamente à nossa transmissão ao vivo com Ronaldo Patah, UBS CIO Wealth Management, sobre as oportunidades mais atrativas para 2022.

Se preferir, assista ao vídeo de 1 minuto com Ronaldo Patah, UBS CIO Wealth Management, sobre as principais tendências para 2022.

Você está pronto para o Ano da Descobertas?

Explore as nossas principais recomendações para 2022

Compre os vencedores do crescimento global

É provável que o crescimento continue forte na primeira metade de 2022. Temos a expectativa de que as ações cíclicas registrem as maiores taxas de crescimento dos lucros, prosseguindo com seu bom desempenho de 2021. Temos preferência por ações da Zona do Euro, Japão, do setor financeiro e média capitalização dos EUA, além de commodities e energia. Formamos uma lista de alta convicção de 22 ações para 2022, combinando empresas com exposição aos gastos do consumidor, das empresas e do governo.

Busque oportunidades em saúde

Conforme o ano avança, esperamos que o crescimento desacelere, beneficiando as partes mais defensivas do mercado, como a saúde. Enxergamos o setor de saúde barato em relação à sua média de longo prazo, também oferecendo crescimento estrutural como, por exemplo, dispositivos médicos (que se beneficiam do envelhecimento das populações), healthtech (cuja adoção foi impulsionada pela pandemia) e terapias genéticas (com 10 a 20 novas terapias possivelmente sendo aprovadas por ano até 2025) são nossas ideias de longo prazo preferenciais.

Busque rendimento “não convencional”

Acreditamos que os bancos centrais reduzirão a acomodação monetária, mas permanecemos cautelosos quanto a um aperto excessivo. Taxas, rendimentos e spreads estão baixos para os padrões históricos, e os investidores precisam buscar fontes de rendimento não convencionais para gerar renda, incluindo empréstimos privilegiados dos EUA, crédito privado e sintético, estratégias ativas (incluindo ASG) e ações que pagam dividendos.

Diversifique em investimentos alternativos

Os baixos rendimentos dos títulos também tornam a diversificação desafiadora, sobretudo em um cenário de preocupações com a inflação e as políticas monetárias que promovem a elevação das correlações entre ações e títulos. Os investidores em busca de diversificar as fontes de risco e retorno podem considerar hedge funds – que podem ajudar a diversificar as carteiras para além das ações e títulos –, mercados privados e investimentos estruturados.

Posicione-se diante do fortalecimento do dólar

A nosso ver, uma combinação de desaceleração do crescimento, queda nas compras de ativos do Fed e redução do estímulo fiscal dos EUA irá favorecer o dólar dos EUA. Temos a expectativa de valorização de moedas expostas a políticas monetárias restritivas, inclusive USD, GBP, NOK e NZD, em relação àquelas ainda atreladas a políticas relativamente afrouxadas, como CHF, EUR, JPY e SEK. Também esperamos que o ouro seja prejudicado com o fortalecimento do dólar.

Invista em tecnologias inovadoras

A inovação tecnológica oferece oportunidades significativas na década que se inicia, de modo que nos concentramos em três grandes tecnologias que permitem isso: inteligência artificial, big data e segurança cibernética. Esperamos que essas “Tecnologias ABC”, juntamente com o 5G, cresçam mais rápido do que o restante do setor de tecnologia.

Posicione-se para a transição para a neutralidade de carbono

Cinquenta e nove países responsáveis por 55% das emissões globais se comprometeram a atingir a neutralidade de carbono até 2050. Paralelamente a isso, o consumo de energia está aumentando. Isso oferece oportunidades em greentech, ar limpo e redução de carbono, além de estratégias de comércio de carbono. Também acreditamos que a combinação de soluções sustentáveis e commodities tradicionais é uma forma realista e diversificada de navegar pela tendência em direção à neutralidade de carbono.

Conecte-se a LatAm Access+

Faça parte da nossa comunidade LatAm Access+ para acessar a todo o conteúdo que oferecemos e disfrutar de uma experiência exclusiva.

Explore mais

Tecnologias disruptivas: Investir no ABC da Tecnologia

Conheça as tendências sobre as tecnologias inteligência artificial, big data e cibersegurança.

Oportunidades de investimento em greentech global

Confira onde estão as oportunidades de investimento mais atraentes de curto a médio prazo.

Perspectivas de Investimentos Sustentáveis na América Latina    

Os países têm o potencial de remodelar suas economias e melhorar a sustentabilidade do planeta.