Imagem de Investimentos de Longo Prazo: Diversidade e Equidade

Para os investidores, a diversidade social e a equidade econômica vêm se tornando cada vez mais relevantes. As oportunidades de investimento se expandem além das ações, e inclui também estratégias de renda fixa e oportunidades no mercado privado.

Uma abordagem sistêmica de investimento em diversidade, igualdade e inclusão

Vemos três dinâmicas de interação que alimentam a relação entre investimentos e equidade e inclusão

Três dinâmicas básicas

Uma abordagem sistêmica à diversidade e equidade consiste em levar em conta as relações complexas, dinâmicas e interrelacionadas que se impactam mutuamente tanto direta quanto indiretamente.

Atualizamos a nossa metodologia para identificar empresas engajadas com este tema. Em nossa opinião, é vital que os investidores compreendam três dinâmicas básicas e interrelacionadas por trás da desigualdade baseada na diversidade ao posicionarem suas carteiras no longo prazo:

  1. Há uma relação positiva entre maior equidade e inclusão e crescimento econômico;
  2. Também existe uma relação positiva entre níveis mais altos de diversidade, equidade e inclusão (DE&I) e oportunidades de crescimento a longo prazo para empresas alinhadas com esse tema;
  3. Investir para melhorar as quatro áreas básicas de "acesso” – educação de qualidade, casa própria, saúde e capital – pode apresentar oportunidades de retorno comparáveis ou com melhor ajuste ao risco.

O que mudou e o que não mudou?

A diversidade ocupou o centro das atenções em 2021, mas ainda permanecem grandes desigualdades e preconceitos. Quanto a desenvolvimentos positivos, o número de resoluções relacionadas à sustentabilidade aprovadas por acionistas atingiu um nível recorde, enquanto a frequência das palavras referentes a gênero e raça utilizadas nos relatórios de lucros corporativos aumentou substancialmente.

As questões de DE&I estão conquistando maior destaque através de avanços regulatórios, incluindo a Estratégia para a Igualdade de Tratamento das Pessoas LGBTIQ+ da UE para 2020-2025.

A equidade e a inclusão no local de trabalho também estão sendo impulsionadas pela chegada de uma nova geração que é mais diversificada racial e etnicamente. No entanto, a COVID-19 revelou disparidades raciais substanciais, com os negros morrendo da doença em 1,4 vezes o índice de brancos nos EUA, e os hispânicos e negros enfrentando mais dificuldades do que os brancos para pagar suas contas durante a pandemia. A epidemia também afetou mais o emprego das mulheres do que o dos homens, com as mulheres arcando com todo o peso da insuficiência dos sistemas de cuidado infantil.

Razões para investir

A diversidade pode intensificar a inovação e o desempenho empresarial e fomentar o crescimento econômico. Não levar em conta essa questão acarreta um risco crítico tanto para as sociedades quanto para as empresas.

O "investimento com a lente de gênero" é uma abordagem estabelecida e de rápido crescimento, associada à nossa pesquisa, que demonstra que as empresas com mais mulheres em cargos de alta administração geram mais rentabilidade.

Dada a natureza sistêmica e complexa dessas questões, as estratégias de investimento que recomendamos oferecem oportunidades de crescimento a longo prazo, mas variam no grau com que abordam esses desafios. No que se refere a ações, houve um aumento no número de estratégias engajadas paralelamente à melhora das divulgações referentes a DE&I.

Uma série de dados positivos coloca em evidência a vantagem de se investir em diversidade, destacando-se o fato de que empresas com equipes executivas mais diversificadas em termos de gênero têm mais probabilidade de reportar margens de EBIT acima da média.

Em renda fixa, os investidores podem investir em títulos lastreados em ativos ou lastreados em hipotecas para contribuir para promover a propriedade da casa própria, ao passo que títulos municipais emitidos por agências governamentais podem ser usados para tornar os hospitais e a assistência médica mais acessíveis.

Investimento sustentável

Investir na diversidade e na igualdade é um desafio. A definição dos termos pode variar muito e a disponibilidade de dados é inconsistente, especialmente no que diz respeito a raça.

Vemos o maior potencial para empresas já à frente da curva no que diz respeito à diversidade de gênero, e acreditamos que este tópico possa fazer parte de avaliações mais amplas de sustentabilidade.

Dentro da nossa estrutura de investimentos de longo, todos os temas rotulados como "sustentáveis" estão intimamente relacionados a um ou mais dos desafios abordados nos ODS da ONU.

Os 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) gerais têm como base 170 metas focalizadas, cada uma com um ou mais indicadores muito específicos que serão rastreados para medir o progresso em direção a essas metas.

Cada tema de LTI sustentável deve identificar as empresas que estão ajudando a atingir uma ou mais dessas metas focalizadas. Os ODS se referem à "igualdade" em sete dos 17 ODS, e sustentam os objetivos de justiça social e intergeracional no âmago dos ODS. No contexto deste tema, nos concentramos em questões relacionadas às corporações globais e às economias nas quais operam.

Aconselhamos os investidores a diversificar sua exposição para limitar alguns dos principais riscos, incluindo a disponibilidade de dados (inexistentes ou subjetivos), relacionamentos não causais (vínculos não comprovados entre diversidade e desempenho superior), e qualquer possível redução nos incentivos regulatórios.

Conecte-se a LatAm Access+ para insights exclusivos

Registre-se na nossa comunidade acessar insights exclusivos e ficar à frente das tendências e oportunidades que darão forma ao futuro do seu patrimônio.


Explore mais

Explore nossas ideias de investimento

Registre-se na nossa comunidade para acessar ideias de investimento sobre como construir portfólios mais fortes.

Três formas de aumentar sua resiliência financeira

Um investidor pode prejudicar sua resiliência financeira mantendo quantidades excessivas de dinheiro em caixa.

UBS House View - O que está dando certo?

Acreditamos que a inflação cairá, mas permanecerá acima das metas do banco central.