Economia circular

Neste relatório, analisamos três desdobramentos-chave: a implementação da Lei de Redução da Inflação de 2022 nos EUA, o forte impulso contínuo na economia circular e os riscos e oportunidades decorrentes da escassez de água. Revisamos como os investidores podem explorar essas tendências e fornecemos algumas indicações úteis sobre como obter uma exposição eficaz.

Perspectivas de Investimento Sustentável

Descubra onde vemos oportunidades

Lei de redução da inflação

A Lei de Redução da Inflação de 2022 é o maior investimento climático nos Estados Unidos, com um montante substancial de US$ 369 bilhões destinados à segurança energética e à mudança climática.

 

A iniciativa contém numerosos incentivos à eficiência energética, incluindo créditos fiscais e descontos ao consumidor para projetos de eficiência doméstica, como telhados solares e bombas de calor. A lei aborda questões de transporte, com USD 1 bilhão previsto para veículos pesados “verdes” e USD 3 bilhões para veículos com emissão zero para o Serviço Postal dos EUA. Além disso, tem um foco em segurança energética, incluindo créditos fiscais de investimento para energia solar e eólica e um crédito fiscal de produção para hidrogênio “verde”.

 

Nesse setor, recomendamos a exposição a empresas de maior porte com fontes de receita diversificadas. Favorecemos os fabricantes com ganhos estáveis e vários mercados finais em detrimento dos participantes exclusivos e empresas em crescimento, que poderiam ser prejudicados pela oferta limitada e por taxas de juros mais altas.

Economia circular

As iniciativas da economia circular estão em ascensão em todo o mundo, da UE e EUA até a China, enquanto o Japão está pronto para lançar uma série de políticas para aumentar o tamanho de sua economia circular dos atuais JPY 50 trilhões para JPY 80 trilhões até 2030.

 

A tendência está sendo impulsionada pelos benefícios ambientais, mas também pelas economias geradas pela economia circular. Em apenas um exemplo, a reutilização e reciclagem de materiais se converte em uma economia potencial de USD 630 bilhões para o mercado de eletrônicos de consumo da UE.

 

Os investidores são fortemente recomendados a considerar tanto os viabilizadores quanto os adotantes. Vemos a gestão de resíduos e a cadeia de suprimentos de plásticos como fontes importantes de oportunidades.

Escassez de água

Um fato preocupante: a água doce utilizada para a atividade humana responde por apenas 2,5% dos recursos hídricos do planeta, e desses 2,5%, apenas 1% está disponível para consumo.

 

Com as secas deste ano nos Estados Unidos, África e em grandes extensões da Europa, a questão do uso da água tornou-se mais crítica do que nunca para a sociedade e quase todos os setores da economia.

 

Recomendamos duas maneiras de integrar o risco da água em carteiras. Os investidores podem avaliar a intensidade de água das empresas para as quais a água é financeiramente significativa e obter exposição a empresas com os melhores resultados de consumo de água. Eles também podem investir em empresas expostas ao tema da escassez de água a longo prazo, um mercado no valor de USD 655 bilhões no final de 2021.

 

Faça o download do relatório completo para ler todas as nossas recomendações.


Explore mais

Descubra o que os filantropos devem fazer durante uma crise

Apresentamos uma estratégia de filantropia inteligente em resposta a crises humanitárias.

Por que os investimentos sustentáveis vão além de ESG

Apresentamos uma estrutura para os investidores integrar sustentabilidade em suas carteiras.

Vídeos: Semana de Investimento Sustentável

Aprenda sobre SI com foco nos clientes, filantropia, portfólios e muito mais.