Retorno sobre valores

A expectativa da maioria dos investidores sustentáveis é ter melhor desempenho e maior impacto

No nosso mais recente UBS Investor Watch, fizemos uma pesquisa com mais de 5.300 investidores em 10 países sobre investimentos sustentáveis. Descobrimos que, embora alguns investidores compreendam o conceito básico, há uma confusão disseminada sobre termos relacionados a investimento sustentável, suas diversas abordagens e até mesmo seu impacto. Por exemplo, os investidores fazem pouca distinção entre as três maiores abordagens de investimento sustentável: investimento de exclusão, de integração e de impacto (para facilitar, incluímos um glossário aqui).

Normalmente, uma melhor educação leva a uma maior adoção. Os investidores sustentáveis, por exemplo, foram influenciados por diversas fontes, incluindo consultores profissionais, familiares, amigos e a mídia. Nove em dez citaram o impacto de um consultor em sua decisão de investir sustentavelmente.

A adoção de investimentos sustentáveis varia consideravelmente entre diferentes países. Por exemplo, os mercados emergentes da China e do Brasil indicam que têm as maiores taxas de adesão, enquanto apenas 12% dos investidores dos EUA têm algum tipo de investimento sustentável (definido como pelo menos 1% dos ativos disponíveis alocados a investimentos sustentáveis).

Poucos investidores esperam sacrificar os retornos quando investem sustentavelmente. Na verdade, 82% acreditam que os retornos sobre investimentos sustentáveis equipararão ou superarão os retornos sobre investimentos tradicionais. Os investidores enxergam as empresas sustentáveis como responsáveis, bem geridas e inovadoras, sendo, deste modo, bons investimentos.

Se os investidores estiverem certos, é provável que mais empresas adotem práticas sustentáveis. Talvez assim o mundo realmente se torne um lugar melhor.

Para obter mais detalhes, faça o download do relatório completo


Você está interessado em investimento sustentável?

Descubra como pode alinhar seus investimentos aos seus valores.

Glossário

Investimento sustentável

Integra preocupações societárias, valores pessoais ou uma missão institucional a decisões de investimento.

Três maneiras principais para investir sustentavelmente:

Exclusão

Exclui empresas ou setores de carteiras quando não estão alinhados aos valores de um investidor.

Integração

Integra fatores ambientais, sociais e de governança corporativa (ESG, environmental, social and corporate governance) a processos de investimento tradicionais, buscando melhorar o risco e o retorno da carteira.

Investimento de impacto

Investe com a intenção de gerar impacto ambiental e social mensurável junto
com um retorno financeiro.


Uma minoria dos investidores globais se envolve em investimentos sustentáveis


Globalmente, a adoção de investimentos sustentáveis varia consideravelmente


Percentual de investidores que dizem ter no mínimo 1% de seus ativos em investimentos sustentáveis


Incertezas associadas ao impacto e confusão causam receio nos investidores



Investidores globais têm grandes expectativas de retorno para investimentos sustentáveis em comparação com os investimentos tradicionais



A dinâmica para investimentos sustentáveis está ganhando força


Investidores com investimentos sustentáveis


O desejo de fazer a diferença na sociedade está motivando os investimentos sustentáveis e o envolvimento no Brasil


Usar tempo e recursos para ajudar a criar um planeta melhor

Dizem ter investimentos sustentáveis (definidos como pelo menos 1% de seus ativos)


Os investidores brasileiros acreditam fortemente que não sacrificam os rendimentos quando investem de modo sustentável



Os investidores sustentáveis no Brasil focam fortemente no impacto ambiental e na ética



A sua carteira está tendo o impacto que você deseja? Fale com seu advisor no UBS.

Se desejar saber mais

Faça-nos uma visita e poderemos descobrir o que é importante para você.

Sobre a pesquisa

Para esta edição do UBS Investor Watch, pesquisamos mais de 5.300 investidores de patrimônio elevado (com um mínimo de US$ 1 milhão em ativos disponíveis). A amostra global foi dividida em 10 mercados: Brasil, China, Alemanha, Hong Kong, Itália, Singapura, Suíça, EAU, Reino Unido e EUA. A pesquisa foi realizada entre junho de 2018 e agosto de 2018.